And Last…Avaliação!

Fiz um encontro com os alunos para finalizarmos o projecto que lançamos no fórum “i-nós”.

Aproveitei ainda a ocasião para falar da avaliação dos alunos. Insisti na necessidade de aprenderem a estudar, a ler,  a cuidar da língua portuguesa, da sua escrita e fala. Constitui um desafio saberem estar conectados em contéudos relevantes na internet e sairem da zona da superficialidade que o “social media” pode nos impôr. Cultura geral, capacidade crítica eargumentos são fundamentais na área da Comunicação e Multimédia.

Tudo isto, entendo irá influenciar positivamente na formação desses futuros profissionais.

Pedi ainda que os alunos fizessem uma avaliação à disciplina e ao Professor. O resultado desta avaliação tem a importância que têm mas entendo submeter os dados à coordenação do Curso para consideração.

Este tema é de crucial relevância se se pretende de facto falar da qualidade no ensino superior em Cabo Verde e particularmente na Uni-CV. Esta iniciativa é apenas um pretexto e uma contribuição a esta implementação já tão necessária.

Os critérios que usei foram inspirados numa experiência já bastante usada nos Estados Unidos e pode ser consultada por todos em http://ratemyprofessor.com .

Foto0790

Alunos trabalhando.

Foto0794

António.

Foto0795

Alberto.

Foto0796

Celestina.

Foto0797

Emanuel.

Foto0798

Jaílson.

Foto0799

Keyla.

Foto0800

Ivan.

Foto0801

Joelson.

Foto0803

Cristiano.

Foto0804

Claudio.
Foto0805

Edson.

Anúncios

Facebook mobile users surpass desktop users for first time

facebookmarco

Segundo o Facebook, dos 1.06 bilhões de utilizadores activos no mundo, 618 milhões acedem à rede social através do móvel.

Este dado é um marco, pois significa que o número de visitantes do Facebook via o móvel supera o número daqueles que acedem via um desktop ligado à internet.

Vejam toda a informação em http://edition.cnn.com/2013/01/30/tech/social-media/facebook-mobile-users/index.html.

 

Nós e Pós CAN 2013

CAUSA E EFEITO

A meu ver não há palavras ou texto que possa descrever o que se viu na Nação Cabo-verdiana nesses dias em que a Seleção Nacional esteve a dar um autêntico show na África do Sul.

Definitivamente colocamos mais uma laje neste processo difícil de construção de um simbolismo necessário: temos pátria, temos bandeira e “nu ta xinti feliz di ter nascido cabo-verdianos”.

Pensando alto, entendo que o feito da Seleção pode colocar desafios enormes e estes pedem eventualmente que sejamos consequentes.

Gerou-se um “Postive Vibration” nacional que pergunto se de facto saberemos absorver e tirar proveito, canalizando para ações concretas. Sendo assim, entendo que qualquer destas perguntas a seguir podem ser legítimas (e claro que há muitas mais…!)

1. Vamos aprender sobre a Constituição e valores Nacionais?
2. Vamos fazer funcionar a Postura Municipal?
3. Vamos decretar Tolerância Zero à Violência?
4. Vamos resgatar a tal da Morabeza?
5. Vamos investir seriamente na organização dos partidos, das empresas, das organizações, das comunidades e das escolas
6. Vamos reinventar o Estado Democrático, instituição já falida hoje em dia?
7. Vamos ter um Parlamento e Deputados de referência mundial?
8. Vamos deixar de promover a “teoria de coitados e apoios”?
9. Vamos apelar à qualidade e mérito de todos?
10. Vamos ser consequentes e merecer o suor dos Tubarões Azuis na CAN?

Pensemos todos!

Workshop na GC Comunicações – STV e Praia FM

Hoje os alunos tiveram uma oportunidade única de visitar as instalações da STV e Praia FM.

gc1

Fomos recebidos por Giordano Custódio, um pioneiro e inovador em Cabo Verde em matéria de rádio e produção de conteúdos e publicidade.

O projecto mais recente da empresa que dirige é sem dúvida a STV, uma estação de televisão digital que utilização a mais moderna das tendências tecnológicas para desenvolver, gerir e fazer televisão.

gc10

gc7

Para além disso, Giordano Custódio falou do seu percurso enquanto profissional da área de comunicações e multimédia, respondeu a perguntas e curiosidades dos alunos deixando conselhos e pistas tendo em vista o mercado de trabalho e oportunidades em Cabo Verde.

gc4

Workshop na ACI – Conteúdos e Tecnologia

Hoje os alunos estiveram na ACI – Agência Caboverdiana de Imagens, uma empresa de referência na produção de conteúdos audiovisuais em Cabo Verde. Um dos produtos mais conhecidos da ACI é o “Nha Terra Nha Cretcheu” produzido para a RTP, a partir de Cabo Verde.

aci5

aci1

Neste workshop, Soraia Deus e Pedro Moita, procuraram através de exemplos práticos contar a sua experiência profissional e sobretudo passaram aos alunos como é que nos últimos sete anos têm usado as suas competências para desenvolverem temas de qualidade e de relevância para o nosso país.

ac13

Os alunos fizeram ainda uma visita aos estúdios de edição e montagem aonde puderam interagir com Bruno Carvalho e receberam explicações sobre os equipamentos, as ferramentas de desenvolvimento e o processo final de produção dos conteúdos.

aci10

Biblioteca Universitária e Confort Zone

biblioteca

O Ministério do Ensino Superior, Ciência e Inovação lançou há dias o site da Biblioteca Digital (http://www.bibliotecauniversitaria.gov.cv).

Segundo o Ministério, ” Num encontro entre as associações estudantis e o Ministro do Ensino Superior, eis que surgiu uma solução inovadora. Estes sugeriram a criação de um portal de material didáctico básico, em acesso livre. Concebido para proporcionar material básico, o projeto experimental B-U (Biblioteca Universitária para o Ensino Superior), nascido desse encontro, representa uma resposta à altura da demanda.”

Constitui sem dúvida uma iniciativa interessante procurar integrar conteúdos num espaço em que a comunidade académica e sociedade possam interagir com o conhecimento em diversas àreas.

Aliás, neste aspecto, a Universidade de Cabo Verde vem desde 2007 investindo na consolidação do seu Portal da Biblioteca.

Um aspecto que eu gostaria de trazer aqui como sugestão e eventualmente para discussão, é pensarmos estas iniciativas para ao mesmo tempo não nos limitar na abrangência dos conteúdos.

A discussão à volta das bibliotecas digitais e já agora sobre o ensino on line já tem uma história e experiencia acumulado aos quais devemos estar atentos.

Na minha perspectiva lançar a nossa Biblioteca Universitária sem no mesmo instante colocar claramente e em destaque os links para  os recursos testados e free da MIT Open CourseWare, MIT EDX (MIT-HARVARD Initiative), TED, ITunes U, Khan Academy, ou GOOGLE Education, constitui um desconhecimento da realidade da educação on line ou então uma tremenda “finta” aos alunos e à comunidade académica.

Uma discussão sobre isto parece ser oportuno, até pela necessidade real que enfrentamos, para se mexer no paradigma do sistema,  e no processo de ensino e aprendizagem em Cabo Verde.

Sei que muitos virão com o argumento da barreira linguística, mas discutir isso seria como discutir o óbvio.

É ficar no Confort Zone, quando na verdade precisamos todos de “Unlock Knowledge and Empower Minds”